A utilização do aparelho ortodôntico é um recurso que os pacientes utilizam desde que são crianças e que serve para que se corrijam as dentições definitivas. Eles podem ser móveis ou então de ferro e ficar definitivamente grudado nos dentes, podendo ser retirado somente pelo dentista. Esses são chamados de aparelhos definitivos e podem até ser coloridos, a fim de que os pacientes se sintam mais confiantes enquanto o estão usando.

Apesar de toda a utilidade dos aparelhos, é um pouco mais difícil fazer a devida escovação dentária com ele. Um dos objetivos é o ferro: diversas partículas de comida ficam presas a ele e, se a escova de dentes não for corretamente posicionada, elas não sairão. Também se deve ter mais cuidado para que a escovação não danifique o aparelho ortodôntico e para que a própria boca do indivíduo não seja machucada.

Como fazer a higienização?

O fio dental pode ser passado nos dentes de duas maneiras: a primeira é colocando-o na parte de cima da divisão que o ferro faz, embora haja o trabalho de retirar sempre aquele fio dental antes de passa-lo ao próximo dente. Existe um pequeno dispositivo que é quase como uma escova elétrica, mas que serve para que o fio dental seja passado. Uma vez que ele é bastante pequeno, a pessoa consegue passa-lo de maneira mais rápida.

Na escovação, a pessoa pode passar a escova com delicadeza sem que o aparelho ortodôntico seja danificado. Entretanto, sé preciso que a cerda seja macia e que se faça mais de um movimento: primeiro partindo de baixo e depois partindo de cima.

A utilização do enxaguante bucal também é parte da higienização e deve vir depois da escovação e do fio dental. Destaca-se que esse enxaguante não vai substituir nenhuma das etapas anteriores da limpeza bucal, mas será indispensável para que a placa bacteriana não seja acumulada, além de ajudar para que a limpeza da língua seja terminada. Apesar disso, é preciso que a língua seja escovada com delicadeza e que a escova de dentes tenha um limpador.

É indicado que também se passe a escova de dentes com cuidado na parte de dentro das gengivas e até mesmo na parte da boca que fica entre as gengivas e a parede das bochechas.

Quando a escovação acaba e a pessoa também já passou o fio dental, é importante avaliar se existe sangramento na gengiva ou se alguma parte do aparelho ortodôntico se soltou. Também se deve observar os próprios dentes: às vezes, alguma partícula de comida pode continuar presa e a pessoa poderá tentar retirá-lo.

É importante que a pessoa tenha cuidado quando quiser usar palito de dentes para retirar restos de comida, porque é perigoso que alguma das lascas da madeira acabe ficando no aparelho e machucando a gengiva, além de poder apodrece. É melhor que se tente tirar qualquer pedaço remanescente de comida recomeçando a escovação e alterando o seu sentido até que aquela partícula se solte.